CONSULTORES

Sérgio Tente – Pesca à boia

O meu nome é Sérgio Tente e sou natural de Santarém. Desde muito novo que senti uma paixão tremenda pela pesca paixão essa que herdei do seu pai. Com 6 anos comecei a pescar todos os fins-de-semana num grupo de amigos do meu pai que se dedicava exclusivamente à pesca do achigã. Comecei a sentir nesta fase um interesse enorme em querer não só realizar capturas mas acima de tudo perceber o funcionamento correto dos materiais, estudar minuciosamente os locais de pesca e o comportamento dos peixes. Durante alguns anos fui bastante dedicado à pesca de águas interiores.

Em 1990 comecei a pescar de forma mais cuidada e assertiva no mar, deixando a clássica pesca ao fundo e começando a fazer pesca à boia. Entre rio e mar com os anos o mar começou a ganhar terreno.

Sem deixar de fazer outras pescas a pesca com boia no mar passou a ser um “vício” tremendo e a vontade de crescer como pescador passou a ser um enorme objetivo. A pesca à boia com boias tipo pião passou a ser a minha principal e incondicional paixão. Daí para a frente nunca mais abrandei e tenho corrido toda a costa de norte a sul em busca dos sargos busca essa que se estendeu também à Galiza onde pesco com a regularidade possível devido à grande distância.

Spining e surfcasting são modalidades que faço muito esporadicamente mas o spining nos rios tem vindo a ganhar muito terreno com o aparecimento das espécies invasoras principalmente a lucioperca.

 

 

 

 

Messias Oliveira – Surf Casting

Nasci em 1985 em Cantanhede e apesar de não ter familiares pescadores que me introduzissem o vicio, desde que me lembro sempre tive fascínio pela pesca tendo começado a pescar aos 6/7  anos de idade.  Pratico ocasionalmente inúmeras modalidades de mar e rio, no entanto, o mar e em especial  o Surfcasting é aquela modalidade à que dedico mais tempo e na qual faço competição desde 2006, tendo iniciado com o intuito de aprender mais sobre a modalidade. Ao longo destes anos participei em inúmeras provas de norte a sul do pais, tendo o privilegio de participar em 6 Campeonatos do Mundo( 4 de nações e 2 por clubes) e de pescar em inúmeros locais, condições distintas e inúmeras espécies, o que sem duvida  me permitiu adquirir conhecimento sobre materiais, técnicas e hábitos dos peixes.

Em 2013 surgiu  o convite para colaborar com a TBF BARROS e TRABUCCO, como consultor para o Surfcasting, não hesitei em aceitar o convite essencialmente por já conhecer a qualidade dos seus produtos e por ser uma marca de pescadores  e para pescadores, que acompanha a realidade da pesca e procura conciliar as novas tecnologias com necessidades  do pescador e dos locais de pesca. É  um enorme orgulho e satisfação fazer desta família TBF BARROS e TRABUCCO e poder contribuir para a evolução da marca e dos produtos da mesma.

 

 

 

 

 

Ricardo Passos – Pesca de Kayak

Sou o Ricardo Passos, nasci em 1977 em Afife, Aldeia costeira,do Concelho de Viana de Castelo. Cresci a respirar praia e pesca, paixão há muito enraizada na família pelos avós e pai. As minhas primeiras memórias da pesca são a pescar cabozes, na baixa mar, no final da escola primária. Com o tempo aumentei a minha paixão pela pesca, e comecei a praticar pesca submarina, que me deu um grande background sobre o comportamento do peixe e do mar. Mas a paixão pelas “canas” era muita e rapidamente o surfcasting e a boia se tornaram nas minhas modalidades de eleição. Foi nessa altura que tive o primeiro contacto com o material Barros, muito por ser a marca que a maioria dos aficionados como eu usava. Desde anzóis às canas, sempre foi uma marca que nunca defraudou as minhas expetativas, e tornou-se assim muito natural a minha admiração e respeito pela Barros. Desde 2010, já a viver em Lisboa, comecei a fazer pesca embarcada, mais especificamente pesca em kayak, e mais uma vez a escolha óbvia do meu material de pesca recaiu sobre a Barros. Nesta altura surge através de amigos a oportunidade de formar uma equipa de pesca, e através desses contactos a possibilidade de trabalhar em parceria com a Barros. Com grande satisfação abracei esta oportunidade, não só por poder pescar com material de qualidade inquestionável, mas sobretudo por poder dar o meu contributo a esta grandíssima marca. É um orgulho fazer parte duma “família” que muito fez, e continua a fazer pela pesca no nosso País.

 

 

 

Jorge Bernardino – Pesca embarcada

A pesca entrou na minha vida, introduzida pelo meu pai, quando eu era pequeno. Íamos para Sagres pescar aos sargos e, em Vila Nova de Milfontes, onde hoje vivo e trabalho, íamos com os pescadores profissionais familiares, pescar ao fundo. Mais tarde a minha ligação ao mar aumentou com a introdução de outras modalidades, tais como o jigging e o spinning.

Há 13 anos começou a minha aventura como operador marítimo turístico, formando a empresa Jigpesca. A qual me levou a conhecer Mário Barros, nascendo uma forte ligação com a Barros, levando-me a ser consultor da marca.

 

 

 

 

Rui Miguel Carvalho – Pesca de Kayak

Rui Carvalho, nasceu em 1975 e cresceu na Cova do Vapor. Um pequeno local onde a única coisa que se fazia era pescar. Rodeado pelo ambiente de pesca, com o mar a 20 metros, vista para o farol do Bugio, canas, carretos e amostras de borracha como brinquedos, era impossível passar indiferente. Pescar passou a fazer parte do seu ADN. O local permitia aprender e aperfeiçoar todas as técnicas de pesca apeada. Aos 23 anos teve o seu primeiro barco, permitindo-o aprender e evoluir nas mais variadas técnicas de pesca embarcada. Mas foi em 2002 que tudo mudou, pescar de kayak é algo inexplicável, só praticando é que se compreende. O gosto pelo material BARROS nasceu na pesca à boia com canas muito técnicas para as mais variadas situações de mar, em conjunto nasceu uma admiração pela marca, o Mário Barros ia às feiras, falava com os pescadores, pescava, desenvolvia material e fazia vídeos, isso era algo que o fascinava, um exemplo de quem ama o que faz e não pelo puro negócio. De uma forma natural, nasceu uma amizade, amizade que ficou mais sólida pela oportunidade de puder fazer parte da família BARROS e puder dar o seu contributo a uma marca cada vez melhor e mais completa.

 

 

 

Rui Benevides – Pesca de Kayak

Nascido em 1981, desde cedo a ligação ao mar me foi incutida pelo meu pai, quer na pesca, quer em vários desportos náuticos.

A pesca sempre foi uma das maiores paixões, não há pesca que não goste. Foi na pesca à boia que o meu contacto com a marca Barros começou, obviamente foi uma relação para durar. Ao iniciar-me na pesca de Kayak, a Barros voltou a mostrar-se altamente inovadora, sempre na vanguarda, disponibilizando uma vasta gama para esta modalidade.

Em 2017 surge a oportunidade de colaborar como consultor, oportunidade que não poderia recusar. É um prazer enorme poder acompanhar a Barros no deu crescimento e desenvolvimento.

 

Carlos Trigo – Pesca com feeder

 

Formulário de Contacto

Campos marcados com * são de preenchimento obrigatório.

Unsupported Browser

Unfortunately your browser is not supported.

It is highly recommended that you upgrade to a modern browser such as the latest versions of Google Chrome, Firefox or Internet Explorer.